Diagnosticada com dermatite

Download 3 Ebooks
 

tenho uma pessoa da familia a quem lhe foi diagnosticada dermatite, mas tenho duvidas porque esta tem manchas como se fossem queimaduras, secreção e esalha pelo couro cabeludo e várias no corpo.

O que devo faser?


Escrito por nelza em Doenças, Qualidade de Vida

Etiquetas:, ,

 

2 respostas a “Diagnosticada com dermatite”

  1. Existem varios tipos de dermatite, sendo estes classificados com base na causa da doença.

    Dermatite de contato é a condição causada por um alérgeno ou uma substância irritante. Dermatite de contato irritativa é responsável por 80% dos casos de dermatite.

    A dermatite atópica é muito comum em todo o mundo e aumento na prevalência. Afeta homens e mulheres igualmente e é responsável por 10% -20% de todas as referências para os dermatologistas. Mais propensas a desenvolver esse tipo de dermatite são indivíduos que vivem em áreas urbanas com baixa umidade.

    A dermatite seborréica é mais comum em crianças e em indivíduos entre 30 e 70 anos de idade. Ela parece afetar principalmente os homens e ocorre em 85% das pessoas que sofrem de AIDS.

    A dermatite mais comum é a atópica. Em bebês aparece geralmente na face, joelhos ou mãos.
    É bastante comum na infância e adolescência, afetando cerca de um em cada nove jovens, mas provavelmente muitos casos não são diagnosticados. Também é frequente em profissionais de saúde, pessoas responsáveis pela limpeza e lactantes.
    Enfermeiras desenvolvem dermatites pelo menos uma vez em 85% dos casos, sendo mais comum nas que lavam as mãos frequentemente com álcool gel ou sabão bactericida, pois seu uso regular danifica a pele.
    Os principais sintomas são:
    Manchas avermelhadas (eritema)
    – Inchaço (edema)
    – Secreção na pele
    – Pele ressacada
    – Formação de crosta
    – Prejuízo na qualidade do sono

    O diagnóstico é essencialmente clínico e consiste na localização das lesões e dos sintomas levando em conta a idade do doente, o carácter crônico ou agudo da doença e o histórico pessoal ou familiar de alergias. A biópsia cutânea pode ser útil no diagnóstico diferencial mas raramente é necessária.

    A dermatite seborréica pode ser causada por excesso de vitamina A ou falta de B2 ou B6 ou por fungos. Mais frequente em pessoas com imunidade baixa, e é seriamente agravada por fatores psicológicos.

    Pessoas vulneráveis a dermatites frequentemente possuem um defeito na filagrina, uma proteína estrutural da pele, fundamental para a manutenção de uma função barreira normal.

    Fatores psicológicos como estresse excessivo ou situações traumáticas podem desencadear uma dermatite por somatização. Outras possíveis causas incluem fatores hormonais (como a menstruação). Pacientes acamados há muito tempo geralmente desenvolvem eczema por não mudarem muito de posição, mantendo as mesmas partes do corpo em contato constante com o tecido.

    Vários cuidados podem ser tomados para evitar certos tipos de dermatites:
    – Evitar banhos muito quentes;
    – Cremes hidratantes;
    – Uso de luvas durante a limpeza e por profissionais de saúde;
    – Tomar banho apenas uma vez por dia e usar hidratantes para recuperar a pele;
    – Usar sabonetes neutros;
    – Usar álcool gel e sabonete bactericida com moderação pois eles danificam a pele;
    – Se manter alerta para alergias a alimentos;
    – Limpar o ambiente com pano molhado para não levantar poeira;
    – Não coçar áreas feridas.

    Um alergista pode fazer testes com diversas substâncias para descobrir as causas de crises alérgicas frequentes.

    Atensão: Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
    As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

  2. Jamo says:
    Boa noite,

    Arranjar credencial na médica familia e ir ao Hospital para marcar consulta externa de Dermatologia.

    Cumprimentos

Deixe a sua resposta

Algum HTML é permitido.